Confira o Festival de Garanhuns, ao vivo, na tevê e na Internet.

da Assessoria da TV PE

Acompanhe o que acontece no 20º Festival de Inverno de Garanhuns, nos canais da TV Pernambuco. O evento que começa nesta quinta-feira (15) terá cobertura especial com transmissão ao vivo dos shows do palco Guadalajara e Palco Pop, além de um programa especial com entrevistas, flashes e reportagens 

A cobertura ao vivo inicia na quinta-feira (15), às 22h, seguindo até o último dia do festival, sábado (24) simultaneamente na tevê e na internet, através do site da TVPE e do Blog do Roger de Renor. As matérias e reportagens especiais serão veiculadas a partir da sexta-feira (16), às 19h30 e também durante o dia, ao longo da programação. “Vamos mostrar os artistas da terra, os espetáculos de teatro, circo, música erudita, as mostras de cinema, além de informar sobre a agenda da noite, dicas e curiosidades do FIG”, informa o Diretor de Programação da emissora, Eduardo Homem. “Ao todo trabalham 32 profissionais, entre jornalistas, repórteres, produtores e técnicos para a cobertura”, completa Eduardo.

Interatividade
Aproveitando a audiência da TVPE na Internet, a emissora resolveu estreitar os laços com os espectadores virtuais. A cobertura online terá um espaço específico para quem estiver curtindo o FIG e quiser nos enviar um vídeo autoral mostrando um olhar particular sob o evento.

Faça seu vídeo com o que está ‘pegando’ no FIG 2010 e mande para tvpe.fig2010@gmail.com. Os melhores conteúdos serão disponibilizados no You Tube da TVPE, além de integrar a cobertura para tevê. “Quem acompanhar o twitter também poderá mandar recados, perguntas e sugestões de pautas para a equipe da emissora. O que nós queremos é fazer uma televisão com a participação de todo mundo”, explica Roger de Renor, Gerente-Geral da emissora.

Abertura
Hoje (15), o show de abertura do FIG, acontece como de costume, no palco da Praça Guadalajara, a partir das 21h, com as atrações Muendas de Pernambuco, Orquestra Popular do Recife, Espetáculo PE Nação Cultural e Alceu Valença fechando a noite com o repertório de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro.

Serviço:
Cobertura FIG 2010 na TVPETransmissão ao vivo para tevê e internet:
Para assistir: www.tvpernambuco.pe.gov.br | www.rogerderenor.com.br
Contato: Elayne Bione | 81- 8704.4551

 Período de Transmissão:
De 15 à 24 de Julho: 22h. (ao vivo)
De 16 à 24 de Julho: 19h30 (Programa Especial na Grade da tevê)

Twitter:
TVPE: @tvpe
Roger de Renor: @rogersopa

| Deixe um comentário

Mapeamento Cultural

da equipe agência roda – 12.07.2010

Nesta terça-feira, dia 13 de julho, os jovens Sanmy (gência Roda) e Beatriz irão percorrer os bairros e comunidades da RPA4 da cidade do Recife para dar o pontapé a o mapeamento cultural. E o que é isso? Sanmy e Beatriz irão correr atrás de grupos culturais, pessoas que trabalhem com artesanato, teatro, dança, bandas musicais, toda e qualquer expressão cultural. Com o objetivo de também a Agência Roda ter esses contatos para divulgar aqui no blog e na promoção da cultura local. Gostou e quer participar? Você faz algumas dessas atividades ou conhece alguém que faz? Envia um E-mail pra gente: agenciaroda@gmail.com ou liga pra Sanmy: (81) 87408342.

Participa!

| Deixe um comentário

Fazendo Mídia – A experiência da Agência Roda

A experiência da Agência de Notícias da Roda de Fogo em vídeo cutinho e simples.
Ficou com vontade dde saber mais sobre a gente?
É só clicar e assistir e depois deixar seu comentário.

Publicado em 1 | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Expedição Mais Cultura ancora em Recife

da Equipe Agência Roda – 17.04.2010

Na segunda-feira, dia 12 de abril, a cidade do Recife recebeu a Expedição Mais Cultura, a primeira fase do Elos no Canteiro Mais Cultura, um programa de formação e mobilização de agentes locais e parceiros do projeto Mais Cultura. O programa se realiza em uma parceria entre o Ministério da Cultura com o Instituto Elos. E a equipe da Agência Roda recebeu o convite e foi participar, representada pelos comunicadores Sanmy Wilher e Thays Santiago. 

A atividade aconteceu no Museu Aloísio Magalhães (MAMAM), no Centro do Recife. Com o objetivo de apresentar o projeto a atores sociais da cidade para que eles possam contribuir e se integrar as ações do projeto Mais Cultura. Esse foi o primeiro dia de atividades que se realizou também na terça e quarta seguintes e que fecharam a primeira etapa do projeto.

O Mais Cultura prevê a implantação de bibliotecas e espaços multiuso em comunidades de várias cidades do país. Em Recife, a implantação do espaço multiuso se dará no bairro de Peixinhos e da biblioteca na avenida Caxangá, no bairro Zumbi. As duas ações são abertas a população da cidade e tem o objetivo de estimular processos de valorização da cultura local e apropriação da população dos espaços, a partir de mobilização e participação.   

As próximas fases do projeto em Recife você pode acompanhar aqui no blog da Agência Roda. Assim como se darão as ações de implantação do projeto. Outras informações podem ser obtidas com uma das facilitadoras do Elos no Canteiro Mais Cultura, Luiza Sá – luiza@institutoelos.org

Publicado em 1 | Marcado com , , | 2 Comentários

Você já sofreu algum preconceito? Eu já, muita vezes!

por Catarina de Angola* 

Meu nome é Catarina de Angola, tenho 22 anos, e sou moradora da comunidade de Roda de Fogo, na Zona Oeste do Recife, desde que nasci. Meus pais junto com tantas outras famílias ajudaram a construir esta comunidade cheia de histórias para contar de muita luta e força. Sou também jornalista e trabalho em uma organização não governamental aqui de Recife. Por conta do meu trabalho pego bastante táxi e cada vez que isso acontece eu fico muito, muito triste.

O meu trabalho tem um convênio com uma cooperativa de táxis, aqui de Recife, a COOPETÁXI. E todas as vezes que eu pego um táxi eu tenho que escutar uma gracinha de um taxista por comunicá-lo que o destino final será Roda de Fogo.  – RODA DE FOGO? Pergunta o taxista. – Sim, Roda de Fogo, respondo de volta. Aí começam as frases que mostram o preconceito daquelas pessoas com o lugar que eu moro, o preconceito comigo que sou passageira e que queria apenas chegar em casa. Depois tanta gente por aí enche a boca pra dizer que neste país não existe preconceito.

Poxa, vida! Sou um ser humano. Eu que estou ao seu lado, precisando de seus serviços, sou um ser humano e quero apenas chegar em casa depois de trabalhar durante o dia todo! Chega a ser humilhante. Falo por mim e por todas as pessoas que moram em algum lugar pobre desta cidade. Queria dizer a todas as pessoas cheias de preconceito que ser pobre não significa ser uma pessoa má não. Tem gente que vai dizer que eles estão prezando pela sua segurança, e pra essas pessoas eu gostaria de dizer que eu estou zelando pelos meus e que é inadmissível para qualquer pessoa deste mundo passar por uma situação dessas. Ainda mais muitas vezes na vida. 

Eu quero que meus direitos tenham valor, que meus direitos sejam respeitados. E que as pessoas parem apenas de achar que as desigualdades dessa vida são única e exclusivamente vontade de quem é pobre. Ninguém é pobre porque quer. Vamos olhar para a história desse país, totalmente desigual e questionar. Vamos questionar a ausência do estado nas comunidades do Recife, o acesso a uma boa Educação, Saúde, Lazer, Cultura. Vamos parar de achar que a violência é uma escolha das pessoas.

Escrevo esse texto, porque hoje, dia 19 de março de 2010, pra mim foi o dia que não consegui ficar mais calada diante de um absurdo desses. Foi o dia que escolhi pra compartilhar com todo mundo esse absurdo.  E espero que isso sirva pelo menos pra fazer algumas pessoas pensarem sobre essas coisas. Você já sofreu algum preconceito? Eu já, muita vezes! Por ser mulher, por ser negra e por ser pobre também!

*Catarina de Angola é moradora da comunidade de Roda de Fogo, jornalista e integrante da Agência de Notícias da Roda de Fogo.

Publicado em 1 | Marcado com , , | 7 Comentários

Agência de Notícias da Roda de Fogo na ATIVA

É com muita alegria que nós, integrantes da Agência de Notícias da Roda de Fogo, informamos que o blog voltou a ativa neste ano de 2010. Depois de quase quatro meses sem atualizar este espaço trazemos notícias fresquinhas sobre uma comunidade que já tem 23 anos de muita história para ser compartilhada.

Nesse tempo que estivemos fora da internet a gente sentou e conversou muito sobre a Agência Roda, que em 2010 completará seus três anos de vida! Depois de muito quebrar a cabeça, conversar, levantar vários questionamentos e planejar ações, voltamos com a ideia de continuar falando sobre a Roda de Fogo e pra Roda de Fogo com uma diversidade bem legal de assuntos. Mas continuamos sim a quebrar a cabeça pra uma Agência Roda bem dinâmica.

E continuamos a convidar você para participar dessa história. Sugerindo pautas, comentando as notícias, dando idéias para a gente, através do e-mail agenciaroda@gmail.com e dos comentários desse blog. Em breve e aos pouquinhos colocaremos em ação várias outras ideias legais pra compartilhar com todos e todas vocês. Agradecemos desde já aos que acreditam na nossa proposta e que nos acompanham. Vamos colocar nosso direito à comunicação em prática!

Um abraço de quem faz a Agência Roda: Catarina de Angola, Chico Tavares, Hélio Mendes, Sanmy Wilher e Thays Santiago.

 

Publicado em 1 | Marcado com , , , | 1 Comentário

Agência Roda fora do ar

da Equipe Agência Roda

A Equipe da Agência de Notícias da Roda de Fogo  comunica seus leitores e leitoras que ficará fora do ar por tempo indeterminado. Neste período estaremos envolvidos com outras atividades para desenvolvimento da própria agenda e pretendemos voltar com conteúdos novos, manter a atualização e muitas outras novidades.  Isso não significa que estaremos deixando de continuar na luta da democratização como um direito humano. Na verdade estamos na perspectiva de ir além de uma agência de notícias.

 E não vamos deixar de manter contato. Caso queiram falar conosco é só nos enviar um e-mail: agenciaroda@gmail.com, catarinadeangola@gmail.com, ou nos contactar por telefones: Catarina de Angola (81) 9661.7405, Chico Tavares (81) 9929.8610, Hélio Mendes: (81) 9748.0561 e Sanmy Wilher (81) 9436.9150. Ainda achou pouco? Então nos procura na Roda de Fogo mesmo: Av. Bicentenário da Revolução Francesa, 260, Torrões (Roda de Fogo). Não é endereço de nossa sede, pois ainda não temos, mas se procurar pela Agência Roda lá vão te dar informações, pode ter certeza.

Aproveitamos para desejar a todos e todas um feliz 2010 na busca de mais um ano na luta pela comunicação como um direito humano!

Publicado em 1 | Deixe um comentário

PÉ NA RUA na Roda de Fogo

Publicado em 1 | Deixe um comentário

Roda de Fogo no Pé na Pua e o Pé na Rua na Roda de Fogo

Por sanmy wilher 24/09/2009

 

  Nessa sexta-feira 18/09/09 quem apareceu na Roda de Fogo foi a produção do programa Pé na Rua para saber um pouco mais sobre a historia da nossa comunidade, teve também um microfone aberto para os moradores soltarem o verbo e uma entrevista com o morador e integrante da Agência de Notícias da  Roda   de Fogo, Sanmy  Wilher.

   Gravado na rua e com a proposta de mostrar nossa cidade sob diversos ângulos o programa vai ao ar todo sábado às 15h no canal 11 e o da nossa comunidade é nesse próximo sábado 26/09,não perca e acompanhe todos os outros.

  Mas se você é morador da Roda de Fogo e comunidades vizinhas e não puder assistir no sábado compareça nesse domingo 27/09 no campo de futebol da Roda, lá a gente vai exibir o programa para toda comunidade.

 

Quando: domingo 27/09

Onde: Campo de futebol da Roda de Fogo

Hora: 18h

Quem: A equipe do Pé na Rua, um telão com o programa, o microfone aberto pra uma conversa bacana, VOCÊ e mais um monte de gente que você vai chamar

Publicado em 1 | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Pontes do Centro do Recife

Erguidas em estilos e épocas diferentes, as pontes do centro  do recife compõe um belo cenário, encantado.

Recortado por braços dos rios Capibaribe e Beberibe, o Recife tem nas suas Pontes muito mais do que um elo entre ilhas ou belos cartões-postais. Essas construções são também símbolos que marcaram a historia e têm uma profunda identificação com o cotidiano da cidade. Construídas com materiais e estilos arquitetônicos diferentes, as pontes do Recife (principalmente as do Centro) atraem olhares pela sua plástica, pelas historias de que foram palco e pelo papel que exercem na cidade, que, por ser tão dividida pelas águas, é considerada a Veneza Brasileira.

1. Princesa Isabel 

Inaugurada em 1863, foi a primeira ponte em ferro da cidade. Liga a Rua da Aurora, no bairro da Boa Vista, à Rua do Sol, no bairro de Santo Antônio. Depois de um século, a estrutura de ferro foi substituída por concreto armado.  

2. 06 de Março  

Conhecida também como Ponte Velha, liga o bairro de São José ao Cais José Mariano, no bairro da Boa Vista. A primitiva ponte foi construída nos tempos de Nassau e reconstruída em 1921.  

3. Duarte Coelho 

Interliga duas avenidas, a Guararapes e a Conde da Boa Vista. Atendia aos serviços ferroviários, inaugurados em 1868, que se estendiam até o subúrbio de Caxangá. Foi construído em concreto armado em 1943.

4. Do Limoeiro 

Interliga a Avenida Norte ao Cais do Apoio, no bairro do Recife. Datada de 1881, serviu ao trem que saía da velha estação do bairro do Brum. Hoje é de concreto armado.  

5. Da Boa Vista

Concluída em apenas sete semanas, no ano de 1644, a ponte, inicialmente de madeira, já passou por diversas reformas, sendo toda em ferro batido. Está localizada entre as ruas Nova, em Santo Antônio, e Imperatriz, na Boa Vista.  Essa ponte surgiu quase que simultaneamente à primeira, que corresponde, hoje à Ponte Maurício de Nassau, apesar de atualmente não ter a mesma configuração. Em1876 foi edificada a ponte com as características atuais. A Ponte da Boa Vista foi adquirida na Inglaterra pelo Governador da Província Henrique de Lucena, que viria a se tornar o Barão de Lucena.

6. Maurício de Nassau

Considerada a primeira ponte do Brasil, foi construída, nas proximidades da atual, em 1644. Passou por diversas reformas, sendo a última em 1993. Interliga a Av. Marquês de Olinda, no bairro do Recife, e a Rua 12.de Março, em Santo Antônio

7. Buarque de Macedo

A mais extensa do centro do Recife (283,3m), a ponte foi concluída em 1890. Liga a Praça da República, em Santo Antônio, à Av. Rio Branco, no bairro do Recife.  

8. 12 de Setembro

Ainda chamada de Ponte Giratória por ser originariamente móvel, une o Cais da Alfândega, no bairro do Recife, ao Cais de Santa Rita, em São José. Foi construída no ano de 1923 e substituída por uma estrutura fixa em 1971.  

Thays Santiago-29/08/09

 

Publicado em 1 | 19 Comentários